Biblíoteca Solidária

Em conformidade com os princípios de responsabilidade social da instituição, a Biblioteca desenvolve projetos que contribuem para inclusão social, para o desenvolvimento econômico e social, para a defesa do meio ambiente, da memória cultural, da produção artística e do patrimônio cultural, além de promover o senso se solidariedade em toda a comunidade acadêmica da instituição.

Neste sentido, a biblioteca possui os seguintes projetos em andamento:

Biblioteca Comunitária - Compromisso Social
 
     
     

 Biblioteca Comunitária /Compromisso Social

Além da missão de oferecer apoio bibliográfico ao ensino e a pesquisa as Bibliotecas desenvolvem atividades trabalhando o aspecto do compromisso social de nossos acadêmicos com a Sociedade Tricordiana. O Projeto visa com especial atenção, às crianças, adolescentes e jovens de regiões de alto índice de criminalidade. Além de materiais doados (livros, revistas, materiais escolares, apostilas, alimentos, presentes, etc.), em parceria com a Empresa Infoisis que oferece o Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas,  ajudamos na estruturação das bibliotecas contribuindo para a melhoria da educação e formação das crianças e jovens das comunidades.

Projeto Universitário + Biblioteca = Uma Atitude Social

Tem como objetivo arrecadar materiais escolares e alimentos como forma alternativa de pagamentos de multas em decorrência de atrasos na devolução das obras.

Os materiais escolares arrecadados são distribuídos nas escolas da região de Três Corações, e os alimentos são direcionados para instituições da cidade que atendem famílias carentes.

Projeto Valvi

O Projeto Valvi é uma associação sem fins lucrativos que investe em ações que permitam a modificação da sociedade, nos termos da legalidade, humanística e integração do homem social, natural e livre.  O Projeto visa atender também, com especial atenção, às crianças, adolescentes e jovens em uma região de alto índice de criminalidade.

Em parceria com a Empresa Infoisis que oferece o Sistema de Gerenciamento de Bibliotecas da Mantenedora,  ajudamos na estruturação das bibliotecas contribuindo para a melhoria da educação e formação das crianças e jovens das comuniudades.

Projeto Bairro Betânia

Em parceria com o Clube Lions e a Associação Comercial do bairro Betânia, trabalham no projeto Biblioteca Comunitária incentivando e fortalecendo a articulação entre os atores sociais das comunidades a partir de suas participações na implementação do projeto. A Biblioteca como um espaço privilegiado, atendendo à população local e oferecendo materiais didáticos, livros de literatura, acesso à internet, entre outros serviços, contribui para a formação continuada dos indivíduos e o desenvolvimento de competências.

O compromisso do projeto é a doação de materiais bibliográficos e de mão de obra. O sistema de gerenciamento da Biblioteca é o mesmo sistema utilizado nas bibliotecas das faculdades - WINISIS/UNESCO/Infoisis. O software é disponibilizado sem nenhum custo e uma pessoa da comunidade foi treinada para a execução das atividades.

Biblioteca Cultural

O projeto cultural da Biblioteca apresenta atividades culturais visando a uma maior integração e incentivo para a melhoria das relações entre a instituição e a comunidade em seu sentido mais amplo e, particularmente, em seu entorno, tendo em vista a sua privilegiada localização geográfica.

Em parceria com professores, alunos e Coordenação do Curso de Comunicação, são promovidas, anualmente, atividades de caráter cultural, como exposições fotográficas temáticas, exposições de criações publicitárias dos alunos, propostas de projetos, apresentações musicais, teatrais ou performáticas de interesse público, entre outras.

 

 


No aspecto dos recursos humanos, serão disponibilizados técnicos qualificados para operarem atividades didáticas e recreativas a partir da curadoria dos professores, ante as coordenações dos cursos e em parceria com a biblioteca. 

A implementação do Projeto Cultural da Biblioteca estende-se ao Projeto de Unificação das Bibliotecas da Mantenedora. O calendário é adaptado às especificidades físicas e de acesso e em datas obviamente alternadas em função da alocação de equipamentos, pessoal e espaço. Assim, elaborou-se um calendário educativo e cultural para além dos limites da instituição privada, contemplando a integração com a sociedade.

Biblioteca em Movimento

blioteca em Movimento tem como seu principal objetivo a elevação dos níveis de leitura e cultura da comunidade acadêmica. Desenvolvido em parceria com os professores, alunos e coordenação do Curso de Comunicação, o programa abriga vários projetos voltados para a expansão dos níveis de leitura da comunidade acadêmica, disponibilizando acesso aos bens culturais do país, como a Literatura Brasileira. 


Percebendo que, muitas vezes, a comunidade acadêmica aguarda por atendimento em espaços como a Central de Atendimento, recepções, Núcleo de Assistência Social, lanchonetes, entre outros espaços, elaboramos este projeto para que esse tempo de espera possa ser preenchido com leituras agradáveis. Para tanto, é utilizada a parte posterior das cadeiras onde são afixados envelopes de plástico transparente, contendo textos breves de Literatura Brasileira (contos, crônicas, poemas, trechos de romance, músicas), impressos em frente e verso. Tais textos são escritos em caracteres grandes, para serem lidos por um leitor médio, no espaço de 10 a 15 minutos, enquanto aguarda atendimento. Os envelopes ficam presos por alças de fio de nylon, possibilitando ao leitor seu manuseio sem, contudo, retirá-los do local (o que garante sua leitura por outros usuários). Em toda a faculdade, serão espalhados exemplares, sendo que cada uma deles contém dois textos diferentes. As edições são mensais e temáticas.

 

Coleção de Memória

Unidade Venda Nova - Clique aqui para acessar 

 Unidade Prado - Clique aqui para acessar 

Ministros da Alegria
 

Uma bibliotecária da instituição leva alegria e descontração a crianças e famílias de áreas vulneráveis, através do gripo Ministros da Alegria. Sem fins lucrativos, o projeto leva consolo e paz em hospitais, entidades públicas como creches e asilos, institutos educacionais carentes e outros locais desfavorecidos socialmente. Com contação de histórias, cânticos infantis, truques, malabarismos, balões, teatros e outras diversas brincadeiras, os Ministros da Alegria fazem com que ambientes muitas vezes tão tristes e esquecidos se encham de alegria.

Em parceria com a Universidade , a Associação Ministros da Alegria é mantida através de doações de voluntários: cestas básicas, fraldas, balões, brinquedos, roupas especiais, serviços de gráfica, materiais para as brincadeiras, transporte de pessoal, auxílio às mães carentes que acompanham filhos doentes, etc.

Periodicamente, são feitas campanhas internas para a arrecadação de doações, mobilizando a comunidade acadêmica e contribuindo com o trabalho do Grupo, conforme a demanda de cada época.

Campanhas educativas

A Biblioteca sempre lança campanhas educativas para a comunidade através de cartazes e divulgação nos veículos de comunicação da Instituição. Toda a produção artística dos cartazes e materiais utilizados nas campanhas citadas são feitas por alunos do Curso de Comunicação, estagiários da Agência Experimental Criatório. Algumas delas são:

Silêncio: Com uma figura sugestiva, onde se lê “No silêncio, seus estudos se desenvolvem melhor e você mostra respeito ao estudo do próximo”.


Campanha anti-furto dos livros: Com uma figura sugestiva, onde se lê “A Biblioteca só tem a acrescentar, por isso não diminua o que é de todos. Pegou emprestado, cuide bem e devolva.”.

Anti-furto dos livros: Com uma figura sugestiva, onde se lê “A Biblioteca só tem a acrescentar, por isso não diminua o que é de todos. Pegou emprestado, cuide bem e devolva.”.

               

 

 Uso dos computadores da Biblioteca

 

CTI dos livros: através de uma exposição na portaria das faculdades, com um banner explicativo, há uma maca, um suporte de soro e aparelhagem própria encontrada no hospital. Sobre a maca, vários livros danificados pela própria comunidade acadêmica. Durante a exposição, é transmitido um pequeno vídeo com fotos dos cartazes das campanhas e os serviços prestados pela Biblioteca.

 

Campanha Virus: De forma bastante lúdica, foram criados "virus" alertando os usuários para conservação dos materias.

 

Alimentos na Biblioteca

 

 

Campanha Brinquedo por Multa: no final do ano, promovemos uma campanha em que todos os alunos com multas podem doar brinquedos novos ao invés de livros para abonar a multa. Esses brinquedos são doados para creches, orfanatos, entre outros.

Campanha Procurado: Com a imagem de vilões dos desenhos animados, os dizeres: “Procurado: Capitão Gancho. Crime: Danificar os materiais da biblioteca. Não seja você o vilão dessa história”. “Procurado: Coringa. Crime: Falar alto e utilizar o celular na biblioteca. Não seja você o vilão dessa história”. “Procurado: Frajola. Crime: Comer na biblioteca. Não seja você o vilão dessa história”.

Colaboração com a limpeza: Alertar os usuários para conservação dos espaços.

 

Campanha de conscientização "Faca o seu papel"

Educação Inclusiva / Acessibilidade

Educação Inclusiva / Acessibilidade

A Biblioteca participa do “desenvolvimento de ações e projetos institucionais que tenham o objetivo de assegurar o acesso e a permanência, com sucesso, de todos os estudantes, em especial os que apresentam deficiência ou necessidades educacionais especiais na IES.”

É com este pensamento que a Faculdade Promove desenvolve uma política especial para o atendimento de alunos com deficiência, discutindo e elaborando ações e projetos que envolvam o estudante com necessidades especiais. O grande objetivo é melhorar cada vez mais a rotina acadêmica destes alunos através de materiais e espaços adaptados.

 

 

Softwares Gratuitos:

HUGO / Hand Talk

Liderada por um simpático intérprete 3D, o Hugo, o aplicativo Hand Talk faz a tradução automática de texto e voz para Língua Brasileira de Sinais (Libras).

São mais de 360 milhões de pessoas com deficiência auditiva no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. No Brasil, esse número é de quase 10 milhões de pessoas - cerca de 5% da população brasileira, de acordo com o CENSO 2010 do IBGE.

É nesse panorama que surge o Aplicativo Hand Talk, um tradutor de bolso que é usado como um recurso de tradução para Libras, estreitando laços entre surdos e ouvintes. O App conta com a ajuda do Hugo, que além de traduzir conteúdos para Língua de Sinais, também está presente em uma sessão educativa chamada Hugo Ensina, com uma série de vídeos que ensinam crianças e adultos expressões e sinais em Libras.

Muito mais do que um tradutor, o Hugo está aproximando pessoas através da tecnologia e da comunicação, sendo usado nos mais diversos ambientes, como por exemplo:

• Em salas de aula, por professores, alunos e intérpretes, como um recurso complementar de comunicação;
• Em casa, entre pais e filhos, e seus familiares;
• Por estudantes de Libras, que querem reforçar o seu vocabulário com a ajuda do Hugo.

 

DOSVOX (Deficientes visuais)

O DOSVOX é um sistema para microcomputadores da linha PC que se comunica com o usuário através de síntese de voz, viabilizando, deste modo, o uso de computadores por deficientes visuais, que adquirem assim, um alto grau de independência no estudo e no trabalho.

O sistema realiza a comunicação com o deficiente visual através de síntese de voz em Português, sendo que a síntese de textos pode ser configurada para outros idiomas.

O que diferencia o DOSVOX de outros sistemas voltados para uso por deficientes visuais é que no DOSVOX, a comunicação homem-máquina é muito mais simples, e leva em conta as especificidades e limitações dessas pessoas. Ao invés de simplesmente ler o que está escrito na tela, o DOSVOX estabelece um diálogo amigável, através de programas específicos e interfaces adaptativas. Isso o torna insuperável em qualidade e facilidade de uso para os usuários que vêm no computador um meio de comunicação e acesso que deve ser o mais confortável e amigável possível.

 

XULIA - Programa de Reconhecimento de Voz (Pessoas tetraplégicas)

O programa XULIA (Xestión Unificada de Lenguaxe con Intelixencia Artificial - Gestão Unificada de Linguagem com Inteligência Artificial) foi desenvolvido especialmente para pessoas tetraplégicas terem controle avançado do computador através de comandos por voz. Este programa substitui integralmente o uso do teclado e do mouse em computadores e dispositivos com ambiente Windows.

Possui o diferencial de permitir ao usuário configurar e criar seus próprios comandos e atualmente é o único programa gratuito que possui ditado continuo em português, utilizando para isso tecnologia Google. XULIA foi construído com base em sua utilização por pessoas tetraplégicas e atualmente já tem incorporado centenas de comandos.

O programa foi criado em 2015 na Espanha por Antônio Losada González e teve, no Brasil, colaboração de seu primo brasileiro Ricardo Gonzalez. XULIA está sendo lançado e distribuído gratuitamente no país pelo Instituto Novo Ser.

 

MOTRIX - (Pessoas tetraplégicas e distrofia muscular)

O MOTRIX é um software que permite que pessoas com deficiências motoras graves, em especial tetraplegia e distrofia muscular, possam ter acesso a microcomputadores, permitindo assim, em especial com a intermediação da Internet, um acesso amplo à escrita, leitura e comunicação. O acionamento do sistema é feito através de comandos que são falados num microfone.

O uso do Motrix torna viável a execução pelo tetraplégico de quase todas as operações que são realizadas por pessoas não portadoras de deficiência, mesmo as que possuem acionamento físico complexo, tais como jogos, através de um mecanismo inteligente, em que o computador realiza a parte motora mais difícil destas tarefas. O sistema pode ser acoplado a dispositivos externos de home automation para facilitar em especial a interação do tetraplégico com o ambiente de sua própria casa.

 

 

O Motrix vem sendo desenvolvido no Núcleo de Computação Eletrônica da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) desde março/2002.

 

NVDA

 

Acreditamos que toda pessoa cega ou com deficiências visuais merece o direito de acessar de forma livre e fácil um computador. Criamos o software que torna isso possível.
O NVDA (NonVisual Desktop Access) é um
leitor de tela
que permite que pessoas cegas e deficientes visuais usem computadores. Ele lê o texto na tela em uma voz computadorizada.
Você pode controlar o que é lido para você movendo o cursor para a área relevante do texto com um mouse ou as setas do teclado. O NVDA também pode converter o texto em braile se o usuário do computador possuir um dispositivo chamado
exibição em braille
.
O NVDA funciona com o Microsoft Windows . Você pode baixá-lo para o seu PC, ou para um pendrive que você pode usar com qualquer computador.

 
Campanhas

Campanha de arrecadação para os desabrigados da Cidade de Mariana, devido ao rompimento da barragem.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Campanha Troca-Troca de livros

Campanha de Doação de livros para Escolas Carentes

 

Campanha Troca de de Livros